sábado, dezembro 30, 2006

FOI POR MEDO DE AVIÃO
Santos Dumont inventou o avião & o relógio de pulso. Grande invenção, o relógio de pulso. A ironia é que ele só chegou a esse formato porque precisava de uma forma mais prática de monitoramento do tempo durante seus vôos. Mineiro de nascimento, era herdeiro de uma família de barões do café de Ribeirão Preto (SP), e pôde estudar mecânica e ciência em Paris. A propósito, Alberto Santos Dumont assinava apenas seus sobrenomes porque se orgulhava de sua origem luso-francesa. Um dândi.
Apesar dos americanos forçarem a barra c/ aqueles
Irmãos Wright - que foram catapultados em seu pseudoavião em 1903 - todos nós brasileiros sabemos que o cara que começou essa história de verdade foi nosso amigo S.D., c/ o 14 Bis, 1º modelo voador a decolar impulsionado por seu próprio motor. Ao sobrevoar a Torre Eiffel, Dumont "foi o primeiro a cumprir um circuito pré-estabelecido sob testemunho oficial de especialistas, jornalistas e da população parisiense" (Wikipedia). Esse vôo lhe rendeu um prêmio milionário & moral c/ a comunidade científica de todos os tempos. Santos Dumont, que antes já havia desenvolvido os balões dirigíveis (zepelins), continuou inventando moda nos anos seguintes, inventando tb. o 1º modelo c/ a estrutura standard dos aviões atuais - o Demoiselle. "Ao contrário de outros aeronautas da época, deixava suas pesquisas como domínio público e sem registrar patentes" (Wikipedia). Um visionário idealista.
Foi recebido c/ festa no Rio de Janeiro em 1928. Em 1930, foi condecorado c/ o título de Grande Oficial da Legião de Honra pelo Aeroclube da França. No ano seguinte, mal de saúde, passou uma temporada internado em hospitais no sul da França, e de volta ao Brasil, foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras.
Em 1932, estoura a Revolução Constitucionalista, um levante do Estado de São Paulo contra o Presidente Getúlio Vargas. Aviões enviados pelo Governo Federal atacaram o Campo de Marte, em São Paulo, no dia 23 de julho daquele ano. Santos Dumont pôde vê-los ao sobrevoarem o Guarujá, e sentindo-se culpado pelo uso bélico de seu invento, nosso amigo se recolheu ao seu quarto no Grand Hotel de La Plage, onde fixara residência, e suicidou-se usando a própria gravata como forca.
Este ano, 2006, comemorou-se o centenário do vôo do 14 Bis. Muito se falou em Santos Dumont, e o Brasil até pagou alguns milhões à Nasa p/ mandar o 1º cosmonauta brazuca plantar feijão no espaço. Uau... Em outubro, o choque entre dois aviões no espaço aéreo brasileiro matou 157 pessoas & deflagrou a mais cabulosa crise na aviação mundial que eu já tive notícia. Em 31 anos de vida, eu nunca ouvi falar de um colapso no sistema aeronáutico de um país como o que vem ocorrendo no Brasil há três meses - caos operacional, vôos cancelados, passageiros estressados passando noites nos aeroportos à espera de um vôo... O ministro da Defesa, Waldir Pires, tem feito juz ao cargo, ficando na defensiva toda vez que tem que se defrontar c/ a imprensa. No feriado do Natal, aviões da Força Aérea Brasileira precisaram ser mobilizados. "É inconcebível que tenha ocorrido isso e espero que não se repita", disse Pires na ocasião. Ele jogou a culpa na companhia TAM, que teria praticado overbooking (venda de passagens acima da capacidade da empresa de prover o serviço). É uma jogada p/ transferir a culpa do Estado p/ a esfera privada. Mas os próprios controladores de tráfego afirmam publicamente que a crise na aviação civil foi provocada por má gestão da manutenção do sistema aéreo.O Governo Federal publicou um decreto proibindo qualquer cancelamento de vôos durante este feriado de ano-novo, válido até o dia 02/01/07. Mas ontem, 29/12, só ontem, 31 VÔOS FORAM CANCELADOS. O apático Waldir Pires já jogou p/ cima: "Estamos fazendo a nossa parte, mas também pedimos a Deus que nos ajude". Ainda bem que sou pobre & não tenho dinheiro pra viajar de avião. Se bem que isso tb. não ajuda muito. Se eu quisesse ir pro Rio de Janeiro de ônibus, por exemplo, estaria me arriscando a morrer queimado em algum atentado terrorista de alguma facção criminosa carioca, como aqueles turistas que viajavam do Espírito Santo p/ São Paulo e foram incendiados juntos c/ um ônibus da Itapemirim quando passavam pela Avenida Brasil na última quarta-feira. Foi apenas o estopim p/ uma nova onda de violência, c/ vários ataques-surpresa a policiais, e muitas vítimas inocentes no meio do caminho, como a vendedora ambulante (camelô) que foi metralhada no bairro de Botafogo por estar na linha de tiro, entre os bandidos e o alvo - uma cabine da polícia. Segundo minhas fontes, a ordem p/ os ataques saiu de dentro do presídio de Bangu, igual às ações do PCC em São Paulo.
100 anos depois do vôo revolucionário do 14 Bis, o que mais evoluiu no Brasil foi a bandidagem. Se Santos Dumont estivesse vivo p/ ver sua invenção se chocar contra as Torres Gêmeas no 11 de setembro, o acidente c/ o vôo da Gol na Amazônia e a crise na aviação nacional, não me resta dúvida - ele se mataria de novo.

5 comentários:

Anônimo disse...

HOJE (02/01/2007) FOI QUEIMADO OUTRO ÔNIBUS AQUI NO RIO... BABYLON´S BURNING...

Viva La Brasa disse...

"Com este ataque, sobe para 13 o número de ônibus incendiados na capital e no Estado desde a última quinta-feira."
(site Último Segundo)

Anônimo disse...

A curiosa saga de como encontrei esse blog: eu estava pesquisando sobre o livro "Nós" de Eugene Zamiátin na net, pois George Orwell foi acusado de plagiar esse livro para fazer 1984 e isso me fez ter curiosidade de lê-lo. Nessa pesquisa me deparo com o blog do Digão do papakapika do paraná, pis ele comenta sobre o livro lá. E lá entre os links dele eis que me deparo com um blog do Adolfo Sá. Massa. Assim eu já posso responder à Pitty quando ela me perguntar novamente "e o Adolfo, por onde anda?", hehehehe
Um abraço.
Adelvan Kenobi
PS: Digão ficou d eme mandar uma copia do livro e nada. Normal. Chuif chuif

VIVA LA RAZA disse...

Legal, A.K.! Meu e-mail é homembrasa@hotmail.com ... Qdo quiser trocar idéia, manda! Tá em casa... Dá o toque do endereço na Pitty, sinto falta dela tb.!!
Ah, e desculpa aquela "Mil Perigos" que eu perdi... Naqueles tempos eu andava beem junkie, mas algum dia descolo uma cópia ou coisa que o valha, e me redimo contigo, valeu?
Abrax @ write

Henrique disse...

Eu te digo pq só evolui a bandidagem...

Pq enquanto o Santos dummont estava brincando de se exibir para a aristocracia francesa em seu brinquedo voador, com seu chapeu engraçado, os ´´tais wright´´ estavam sujando as mãos de graxa e engendrando um projeto tecnológico real, para gerar riqueza e supremacia militar...

falou certo, Santos inventava só moda.

Um imbecil. Nosso mundo ainda é selva. Ficar chorando não adianta nada. Tem que partir para luta, ser pragmático e lógico que sem perder la ternura...