quarta-feira, abril 30, 2008

STATUS
-Aê Xu, vou te dar uma picada!
Bons tempos aqueles em que a Xuxa mostrava as pernas pra criançada e o principal ajudante de seu programa infantil era um personagem chamado "Dengue" - sem contar as Paquitas, é claro. 20 anos após minha infância, a Xuxa tornou-se uma coroa reaça, que proibe por meio de ações judiciais a veiculação de suas fotos de início de carreira, quando exibia todo seu talento em revistas como a Status; e a dengue deixou de ser piada p/ se tornar epidemia nacional. Só no Rio de Janeiro, 60 pessoas morreram de dengue hemorrágica este ano, entre quase 60.000 casos registrados da doença. Sergipe é o estado vice-campeão dessa estatística, c/ 8.000 casos e 10 vítimas fatais - até o momento. São 20 municípios em estado crítico de endemia, c/ destaque p/ a capital, onde ocorreram quase todos os óbitos. "A situação é realmente lamentável. Os hospitais públicos estão lotados de pacientes c/ a doença e isso já chegou aos particulares. Não há leitos suficientes e as pessoas estão sendo atendidas em alas inapropriadas", protestou a promotora Euza Missano em uma audiência pública sobre a questão. Rogério Carvalho, secretário de Saúde do estado, argumenta que a falta de ações preventivas é decorrência do "controle da situação" obtido nos últimos anos: “Houve um relaxamento em função da epidemia não estar ameaçando, mas a qualquer momento ela poderia ressurgir, e esse foi o erro cometido”, declarou em entrevista à Agência Brasil. E o que está sendo feito pelo governo p/ resolver o problema? "Os agentes públicos estão destruindo os criadouros do vetor da doença, o mosquito Aedes aegypti, orientando a população, distribuindo material explicativo e aplicando inseticida das regiões mais críticas." Segundo a coordenadora municipal do Combate à Dengue em Aracaju, a culpa mesmo é da chuva e, pasmem, do cidadão: “É preciso enfatizar que não é uma epidemia, mas um surto em decorrência do período chuvoso. As pessoas precisam trabalhar juntas e combater a proliferação do mosquito. Mais de 85% dos casos são ocasionados por descuido da população.” O mais engraçado de tudo é que no início do mês passado, o Globo Repórter destacou o status adquirido por Aracaju, eleita numa pesquisa do Ministério da Saúde como a capital brasileira c/ melhor qualidade de vida. Alguns trechos da reportagem: "A saúde está na praça, bem ao lado de casa. (...) Ações do poder público, atreladas a uma rotina saudável da população, elevaram Aracaju ao 1º lugar no ranking das capitais mais saudáveis do país."
Posto de Saúde em Aracaju, a capital c/ melhor qualidade de vida do país

3 comentários:

Anônimo disse...

Bons tempos que dava pra tocar uma pra xuxa... Só pra atualizar seus números, aqui em Aracaju já são 11.000 casos confirmados de dengue.
A.s.n.i.(agente de saúde não identificado)

Anderson Ribeiro disse...

Esses múnicípios já não são mais tidos como endêmicos, e sim epidêmicos mesmo. A coisa tá feia! Os postos lotados, pouca mão de obra qualificada e nenhum 'conforto' para os pacientes. E... essa Xuxa é mesmo uma vidente, né? ou será que foi ela que levou o mosquito da dengue pro Rio de Janeiro? mas e aqui, quem é a nossa Xuxa? hehehehehehe

SHEYNA RODRIGUES disse...

A coisa tá feia há muito tempo, a capital pode até ter seus atrativos (praias, "ponte", "praças limpas"), mais oq realmente importa para o cidadão (saúde,educação e saneamento básico),a gente não vê em matéria de globo repórter, sou uma prova viva da falta de saúde pública, recebi alta com princípio de pneumonia, e quando chove então...Sair de casa vira uma missão impossível...e por aí vai, parabéns pelo blog, ta show, conteúdo com um ar de sarcasmo...adoro!
Valew!