domingo, setembro 21, 2008

ESTRÉIA ONTEM

O nome é "Periferia" mas poderia ser "Borracharia". Foto: Detefon
Estreou neste sábado o Periferia, às 15H30, pela Aperipê TV. Anunciei no início do mês que a estréia seria no dia 27, mas a data foi antecipada e o programa já está no ar. A seguir, os principais trechos de uma matéria veiculada nos sites da TV e da ABEPEC:

Novo programa da Aperipê TV dá voz à periferia [19/09]

(...) Apresentado pelo rapper Hot Black, o programa traz a música,
o esporte, a cultura e a realidade das comunidades periféricas. Com um formato moderno e cheio de estilo, o Periferia vai ao ar a partir das 15h30.
Toda semana um entrevistado diferente traz sua experiência com trabalhos sociais desenvolvidos nas comunidades e um DJ convidado fará a trilha sonora do programa com o som que embala as periferias de todo o Brasil. O conteúdo se completa com videoclipes de rap e matérias sobre esporte, arte e tudo o que envolve as comunidades.
Segundo o diretor do Periferia, Adolfo Sá, o programa dará oportunidade àqueles que nunca tiveram vez na TV. “A idéia é mostrar a produção do subúrbio, da periferia, dos bairros mais pobres, que geralmente não têm acesso a grandes investimentos culturais e nem o direito de mostrar essa produção para fora. O programa pretende mostrar o talento de quem é excluído da grande mídia, fomentando, assim, a cultura nos bairros mais carentes”, afirma o diretor.
Hot Black, que também apresenta o programa Império Periférico na Rádio Aperipê FM 104,9, aos domingos, das 16h às 18h, explica que um dos objetivos do programa da Aperipê TV é provocar nas pessoas que vivem nas comunidades periféricas o interesse por sua própria realidade. “A gente quer reforçar que a comunidade é responsável por sua formação e dar visibilidade ao sucesso de gente da própria comunidade.
O Periferia quer que a comunidade se perceba e tenha orgulho do lugar onde mora e das pessoas que vivem ali mostrando que elas são pessoas capazes como qualquer outra”, afirma ele.
ESTRÉIA
No programa de estréia do Periferia, a psicóloga Fátima Lopes conversa sobre a redução da maioridade penal e o DJ Léo Levi traz o ritmo da música negra. Hot Black também apresenta duas matérias com exemplos de sucesso e talento saídos da periferia. O skatista Cara de Sapo conta como venceu e o que já conquistou nesse esporte ainda estigmatizado, e o grupo Mente Armada mostra que é possível fazer música superando as adversidades.


Estou preparando um novo blog junto c/ meu parceiro Marcão, onde viabilizaremos vídeos c/ os principais trechos dos programas exibidos, como este clip do skatista Fabrízio Santos, o "Cara de Sapo", nascido em Riachuelo [interior de Sergipe] que hoje mora nos EUA e é um dos principais nomes do skate mundial. As imagens foram feitas por Júlio Detefon, Hot Black e Fábio Galinha, no Cara de Sapo Skate Park, um dos melhores do Brasil, localizado na praia de Atalaia. A montagem é minha e a trilha é do RZO:
video

4 comentários:

Álvaro Müller disse...

"Cabuloso, cabuloooso, cabulooooooooooso....". O programa ficou bom ducabrunco!!!! Profissional! Parabéns, Adolfo Sá, Hot Black e rapaziada do Periferia!

mensagenegram12producoes disse...

Agora é possível vê o povo de fato na TV. O Periferia expõe de forma simples e objetiva o que a periferia vêm produzindo em seu mundo cheios de contradições. Assistam e tirem suas conclusões.

Quando? Aos Sábados
Que horas? Às 3:30 da tarde
Onde? Aperipê TV Canal 02

8:12 AM

espedito santos disse...

Bom clipe, se eu ainda morasse aí em AJU com certeza ia asssitir o programa... Mas agora fala serio., aquela suia declaração do texto da internet é texto de release, né... Rarar..

Viva La Brasa disse...

Pior que não, eu realmente fui entrevistado p/ essa matéria. O que acontece é que a imprensa, de modo geral, sempre distorce o que você fala. Imagina eu dizendo "...fomentando, assim, a cultura...". Sem chance, né.