quinta-feira, setembro 10, 2009

CORRA, LULA, CORRAA corrida presidencial já começou, ainda que extraoficialmente. Marina fechou mesmo c/ o PV enquanto Lula tenta emplacar Dilma. Em Itabi, cidade encrustrada no sertão de Sergipe, distante 138 km de Aracaju e a anos-luz de Brasília, o que pega no mês de setembro é a Corrida do Jegue.

Há 2 anos montei um especial sobre essa festa p/ a TV Brasil. Foi um trabalho conjunto c/ Álvaro Müller, editor de texto, e Tiago Hélcias, atual âncora do Bom Dia Sergipe, que narrou a história. Tudo porque o repórter – um estagiário – fora despedido na segunda-feira após tentar entrevistar um jumento. É sério. Mas o material bruto era tão sui generis que eu & ‘Alvilão’ reescrevemos a história, aproveitando o humor involuntário dos participantes e usando Os Saltimbancos e Genival Lacerda na trilha sonora. O resultado foi a matéria mais engraçada que já fizemos.

O evento tem várias atrações: cavalgada, atletismo, ciclismo, bandas de forró e duplas sertanejas... mas os destaques são mesmo o desfile de burros fantasiados e a insana Corrida de Jegue, um “esporte radical” segundo os moradores da cidade [confira no vídeo]. Criada em 1979, a festa é uma homenagem ao meio de transporte mais usado pelo sertanejo até alguns anos atrás – e que vem sendo substituído pelas motocicletas hoje em dia.

P/ a itabiense Mariana Gomes, uma judiação c/ o bicho que adiantou o lado de Jesus na fuga p/ o Egito, quando o rei Herodes mandou seus soldados assassinarem todos os recém-nascidos de Belém: “Foi montado num burro que o menino Deus foi salvo. Por isso que o sertanejo considera o jegue um animal sagrado”, diz Mariana, referindo-se à popularização das motos nas cidades do interior em detrimento dos jumentos, vendidos a R$ 5 ou menos, quando não simplesmente abandonados.

130 animais de estados como Alagoas, Bahia, Pernambuco e Paraíba competem no circuito urbano de 200 metros da corrida. Mesmo c/ a invasão de forasteiros, SE representa: em 2007, ano da reportagem que vocês acompanham a seguir, o 1º prêmio – uma moto 0km – ficou c/ um herói local, o jegue Motoqueiro.

A Festa do Jegue acontece nos dias 19 e 20. O Presidente ainda não confirmou presença, mas se vier não vai ter p/ a concorrência.

video

3 comentários:

Boogie boy disse...

Em Itabi existe a corrida de jegue, mas não é como minha querida Itabaiana que tem um PREFEITO chamado JEGUE ou pela pouca estatura...Jeguinho.

Pior, que no vídeo tem um concorrente da chamado Luciano...que cômica coincidência.

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Álvaro Müller disse...

De fato este foi o trabalho mais gratificante que já fiz pra TV... Rapaz.. a gente pegou a bomba pra desarmar faltando segundos para o estouro!!!! A hora da exibição chegando e a gente lá, correndo atrás de imagens, corta texto, corta entrevista, sobe som e o escambau... e a porrrrra do relógio andando.... Foi foda, velho!!!
Cara, é uma honra trabalhar e aprender contigo!!!
Abraço, Alvilão Caninha
(p.s - meu voto é da Marina)

fabio" binho "nunes disse...

Muito bom, hilário demais, ainda bem que o Lula não compareceu, pois ele iria sair com o premio de Jegue Master!