sexta-feira, novembro 20, 2009

ROMEU O site de surf Ondulação, do qual sou orgulhosamente colunista, estreou uma nova sessão, De Surfista Para Surfista, “onde quem faz a entrevista não é a redação e sim surfistas e admiradores do esporte”, diz Leonardo Menezes, autor da idéia.

 O 1º entrevistado é Romeu Cruz, o 1º sergipano campeão nordestino amador open em 1992, o 1º surfista profissional a sair do estado p/ correr o WQS, e o único a vencer uma etapa do brasileirão – Banese Pro 1998. Em 2001 foi vicecampeão do Super Surf de Pernambuco, terminando o ano entre os Top 20 do Brasil. Um cara que já venceu Fábio Gouveia e Neco Padaratz em baterias. Começou o ano de 2009 fazendo uma semifinal na 1ª etapa do Nordestino Pro, mas não conseguiu acompanhar o resto do circuito por causa de um problema crônico que o acompanha desde o início de carreira: falta de patrocínio.

Romeu tem um surf forte e explosivo, e, aos 36 anos, ainda mantém-se na ativa, dando um gás nos campeonatos e um calor na molecada: "Na verdade eu venho dando seqüência a uma geração de bons surfistas do nosso estado: Saulo Morais, Tady, entre outros, e com certeza não só eu, como as demais gerações estão abrindo cada vez mais as portas para essa nova garotada que vem surgindo." A seguir, algumas das melhores perguntas e respostas. A matéria na íntegra você lê AQUI

Crisley Lima – ex-competidor e representante de marcas
Romeu, te conheço desde garoto, competimos juntos e presenciei grandes vitórias na sua carreira como Copa Riomar, sua vitória em Aleluia contra Cristiano Spirro e Armando Daltro, Expression Session em Maracaípe contra Fábio Gouveia em um aerial de backside, e é claro também sua vitória no Brasileiro Profissional na praia da Cinelândia. Enfim, muitas conquistas! O que você agora com 36 anos de idade pretende fazer da sua carreira e qual seu sonho que ainda não foi realizado?  
Pretendo continuar surfando todos os dias e buscando sempre um bom preparo físico e bem estar, viver com saúde. Sempre estarei competindo e não pretendo parar agora, tenho muitos anos ainda pela frente e o objetivo é esse, nunca vai acabar.

Robson Fraga – longboarder e professor de educação física
Qual foi o evento mais marcante pra você?
O mais especial foi o Super Surf onde fui à final com o paulista Odirley Coutinho e nesse mesmo evento consegui vencer surfistas de renome, tais como: Jairzinho de Oliveira, em seguida uma bateria com o Fabinho Gouveia com um tubo de backside virando a bateria que por sinal foi a bateria de minha vida. Nas oitavas com Erik Miyakawa, nas quartas contra Daison Pereira, e já na semi contra Pedro Norberto de Santa Catarina. O evento deu altas ondas, com dois metros. E esse resultado dedico pra todos os sergipanos que torceram e vibraram com a minha trajetória.

Alan Donato [PE] – surfista profissional
O que você faz pra se manter no circuito até hoje no meio de toda molecada e ainda dando duro e chegando nas cabeças dos campeonatos? Algum treinamento diferenciado?
Treinamento diferenciado não, procuro dormir cedo todos os dias, não perco noites, mas sempre me preocupo com uma boa preparação, surfando todos os dias e claro indo sempre em busca de ondas perfeitas.

Redação Ondulação
Conte uma história engraçada que aconteceu em suas viagens em busca de onda ou em competições...
Foi em El Salvador, tínhamos alugado um carro e fomos ao shopping à noite comer uma pizza. Ao voltarmos à pousada, vemos o nosso quarto sem teto e cheio de água, árvores caídas, pois tinha acabado de passar um furacão e essa noite foi difícil dormir, pois tinhas muitas trovoadas, muitos relâmpagos deixando todo mundo apavorado, mas no outro dia as ondas estavam de SONHO.

Thiago B.Cunha – shape designer
Romeu, você que é um referencial do surf no estado, e por todo o Brasil é considerado o melhor surfista sergipano de todos os tempos: O que é preciso para voltar a termos gerações de surfistas com nível para representar o estado de Sergipe no Super Surf, e no WQS?
Todo começo vem com um trabalho de base sério, visando o surfista, e com esse trabalho de base que a FSS vem fazendo, e todos envolvidos, acredito ser a chave para essa nova geração.
ROMEU E SEU PORRADÃO DE BACKSIDE PATENTEADO

3 comentários:

FUN disse...

Mandaram muito bem nessa sessão nova do site de vc's.
Quando tiver com o Romeu manda um abraço para ele, irado ver ele quebrando ainda.
abraço
fun

Espedito disse...

quando eu ainda tentava surfar lembro de um aéreo que o Romeu mandou voando por cima de mim... eu tava remando de volta pra arrebentação e tomei um susto qdo. vi ele apontando a prancha na minha direção, mas no final não pegou nada, ele sabia o q. tava fazendo... longa vida ao melhor surfista sergipano de todos os tempos!

Federação Sergipana de Surf disse...

Adolfo Sá sempre mandando bem com seu blog e Romeu Cruz quebrando como sempre.