quinta-feira, dezembro 24, 2009

LEI DE MURPHY No último domingo, 20 de dezembro, meu irmão Nando completaria 32 anos caso estivesse vivo. No mesmo dia, 20/12/ 2009, morreu Brittany Murphy, uma das atrizes mais legais de Hollywood. Ela tinha 32 anos.

Foi uma semana agitada essa que passou. Enquanto eu acertava os últimos detalhes p/ o lançamento do clip da Plástico Lunar no sábado, bombas explodiam no Oriente Médio [matando centenas de pessoas no Iraque, Afeganistão e Paquistão], protestos eram reprimidos em Brasília [c/ o espancamento e prisão de centenas de manifestantes] e a Conferência do Clima de Copenhague dava em água.

Temo que estamos todos nós a bordo do Titanic, e ele está afundando”, avisou Ian Fry, delegado das ilhas Tuvalu, um grupo de 9 atóis de coral no oceano Pacífico. “Em termos bíblicos, parece que estão nos oferecendo 30 peças de prata p/ trair nosso povo. Nosso futuro não está à venda.

NAVIO AFUNDANDO, CARGA NELE!Tuvalu é um dos países mais ameaçados de extinção c/ o aumento de 4o no clima mundial previsto até o final do século 21, e o consequente elevamento no nível dos mares. A Cúpula do Clima deste ano começou sob protestos de ativistas – incluindo uma campanha publicitária do Greenpeace onde líderes mundiais como Lula aparecem em 2020 desculpando-se por não terem feito nada p/ impedir o desastre – e assim continuou até o fim. As manifestações públicas eram ruidosas e foram reprimidas na base da força pela polícia dinamarquesa, que desceu o cacete igual aos hômi de Brasília.

Durante 15 dias, presidentes de comissões pediram demissão de seus cargos enquanto o pau comia do lado de fora. Desde o início, a delegação de Tuvalu destacou-se como porta-voz das ilhas do Pacífico, as mais ameaçadas junto a outras do oceano Índico. Incluem-se na lista Bangladesh, Maldivas e Fiji. Não precisa nem viajar p/ tão longe: por aqui mesmo lugares como Abrolhos, Atol das Rocas e Atalaia Nova [mi barrio] serão inundados. Na sexta-feira, EUA, Brasil, China, Índia e África do Sul – alguns dos países mais poluentes do mundo – assinaram um documento que não foi aceito pelos países pobres. “Parece que é necessário abrir consultas formais p/ sabermos se afundamos ou não”, disse Fry sobre o futuro do seu país insular.

A Conferência das Partes sobre o Clima [nome oficial da Cúpula] abrangeu 192 países. O objetivo era traçar um acordo mundial p/ definir a redução de emissões de gases do efeito estufa após 2012, ano que termina o 1º tempo do Protocolo de Kyoto. Tuvalu pediu aos países emergentes que fixem reduções vinculativas de emissões de CO2 [dióxido de carbono] semelhantes às dos países industrializados. Os $tates of Amerikkka recusaram-se a diminuir sua emissão de gás carbônico caso os Chinas não façam o mesmo.

“Não é suficiente p/ combater a ameaça da mudança climática, mas é um primeiro passo importante”, disse Barack Obama defendendo os interesses da indústria norteamericana: “O acordo vinculante será muito duro e levará tempo p/ ser negociado.Lula protestou: “Algumas pessoas pensam que apenas dinheiro resolve o problema. O dinheiro é importante e os países pobres precisam de dinheiro p/ preservar o meio ambiente, mas é importante que nós, os países em desenvolvimento, e os países ricos, quando pensarmos no dinheiro, não pensemos que estamos fazendo um favor, não pensemos que estamos dando uma esmola.” Bonito discurso, presidente, mas a questão não é emprestar dinheiro aos pobres – é como os ricos e emergentes produzem o seu.

GAROTA INTERROMPIDAVejam o caso de Fábio Barreto, filho do produtor mais bem-sucedido do cinema nacional [Luís Carlos Barreto, o ‘Barretão’], indicado ao Oscar por O Quatrilho [uma merda] e diretor de Lula, o Filho do Brasil, filme brazuca mais caro de todos os tempos: R$ 12 milhões. Quem quiser assistir tem que COMPRAR o ingresso no cinema. E ainda dizem que o horário eleitoral é gratuito.

Barretinho, 52 anos, capotou o carro na madrugada de domingo, esse mesmo em que meu irmão completaria 32, o mesmo em que Brittany Murphy – 32 – morreu. Eu costumava passar a pé por aquela avenida quando morei no Bairro Peixoto [RJ]: o túnel que dá acesso àquela pista une Copacabana e Botafogo, onde moram, respectivamente, meus amigos Allan Sieber e Matias Maxx, 2 caras que penam p/ conseguir uns trocados p/ seus [bons] filmes. De um lado do túnel MORAM mendigos e crackeiros. Pergunta se o acidente do Fábio, o filho do Barretão, ou o filme do Lula, o filho do Brasil, vai mudar alguma coisa na vida desse pessoal...

Brittany emplacou seu 1º sucesso em 1995, como Tai, a amiga da Alicia Silverstone no filme As Patricinhas de Bervely Hills. Depois vieram outros hits, como Garota Interrompida em ’99, ao lado de Angelina Jolie e Winona Ryder; 8 Mile, o filme do Eminem, em 2002; e Recém-Casados em 2003, fazendo par romântico c/ Ashtin Kusher. Mas o papel que a fez entrar p/ a galeria de atrizes favoritas do Viva La Brasa foi a garçonete Shellie, de Sin City. A adaptação pro cinema dos quadrinhos de Frank Miller, feita por Robert Rodriguez, reúne os episódios protagonizados pelos personagens Marv & Goldie, Jackie-Boy & Gail e Yellow Bastard & Nancy. “Shellie une as 3 histórias”, disse há 3 anos, quando S.C. foi lançado: “Ela morre de medo, mas ao mesmo tempo está tentando ser uma mulher independente.

Ironia ou não, Britt era insegura, obcecada c/ a própria aparência, dependente da figura materna e viciada em remédios. “Eu estou do mesmo tamanho que estava em Clueless. A gente muda com o tempo, mas esse é meu corpo e eu estou orgulhoso dele”, defendia-se a loirinha anêmica. Ela foi encontrada pela mãe, caída no box do chuveiro, às 8H da manhã de domingo, após vomitar muito e sofrer uma parada cardíaca. Há muito tempo Brittany mostrava sinais de que não ‘tava bem. Cada vez mais magra, filmava cada vez menos. “Ela estava sem foco e nunca sabia suas falas”, afirma a revista People: “Muito diferente de quando começou a trabalhar. Era cheia de vida, determinada. Mas nos últimos anos, começou a despencar.

Falando em despencar, Fábio Barreto está em coma. Os médicos tiveram que retirar um pedaço da tampa craniana p/ o cérebro poder ‘latejar’ até desinchar. Se, segundo a Lei de Murphy, “o que tem chance de dar errado vai dar errado”, segundo a Lei de Deus, “aqui se faz aqui se paga”.

A loirinha de Atlanta poderá ser vista pela última vez no cinema em 2010, no filme Abandoned. "Ela era uma profissional", diz o diretor Michel Feifer: "Fui ao trailer dela e ela apareceu c/ aqueles olhos de Brittany Murphy, me deu um abraço e disse: - Muito obrigado por me receber aqui." Pobre Brittany. Pobre Tuvalu.

IN MEMORIAN: * 10/11/1977 - + 20/12/2009



Nenhum comentário: