sexta-feira, março 05, 2010

TRIFECTA

No turfe, trifecta é uma aposta múltipla na qual o jogador tem que adivinhar o 1º, o 2º e o 3º cavalos colocados num mesmo páreo. O termo é usado em outros esportes de elite, como o críquete, quando o atleta acerta 3 vezes em 3 tentativas.
No surfe, “trifecta” foi o neologismo que a Surfer usou hoje p/ definir a vitória de Taj Burrow na 1ª etapa do circuito mundial 2010. “É o melhor sentimento da Terra!”, comemorou o campeão. Foi sua 3ª vitória seguida em 3 eventos: Taj venceu a última etapa de 2009, o Pipeline Masters; uma etapa do WQS há 3 semanas, o Breaka Pro; e agora o Quiksilver Pro.
Nem sei o que dizer! Realmente estou surpreso c/ minhas últimas atuações. O Pipe Masters foi o maior evento que eu poderia ter vencido. Simplesmente não posso acreditar no que está acontecendo, não tem como me sentir melhor. Minhas pranchas estão muito boas e Burleigh Heads também foi um bom aquecimento. Aqui estou eu mais uma vez no pódio, só posso dizer que é inacreditável!
ANTES TAJ DO QUE NUNCA
TB já estava c/ fama de amarelão e começava a ser considerado carta fora do baralho p/ a disputa do título mundial. Fenômeno dos anos 90, Burrow se classificou p/ o World Tour aos 17 anos, mas preferiu terminar o 2º grau na Austrália. Terminou sua 1ª temporada entre os Top 16 [Rookie of the Year], e em 1999 foi VICE c/ 2 vitórias – Austrália e Brasil – perdendo apenas p/ Occy, que venceu 3 – Teahupoo, Fiji e Mundaka.
Burrow venceria mais 3 vezes no Brasil e ficaria outras duas como 2º no ranking final. Em 2007 venceu em duas da direitas mais clássicas do circuito: Bells Beach e Jeffrey’s Bay. Mas ao longo da carreira perdeu 8 finais, muitas delas p/ Slater e Irons. Pra completar é loiro, o que dava ainda mais motes p/ as piadinhas: “ E o Teebs? – Amarelou de novo!
Enquanto os otários riam pelas suas costas, Taj construía sua carreira paralelo ao Tour: em '98 a Billabong lançou o vídeo Sabotaj, e seus aéreos reverse 360 lhe valeram o status de ídolo da molecada – e alvo da mulherada. A cobertura da perna francesa feita pela Transworld Surf em '99 trazia uma sequência de 3 fotos do ‘Yellow Kid’: numa boate, uma francesa gatíssima se aproxima, fala algo ao seu ouvido, e os 2 saem de mãos dadas...
LIVRO DO SURFE QUENTE
TB é um bom-vivant: tem 3 casas de alto nível nas colinas de Yallingup, seu lar na costa oeste da Austrália, uma cobertura na Gold Coast e uma coleção de carros. Quando roubaram o celular de Paris Hilton e vazaram o conteúdo na internet, o número de Taj constava na agenda. Durante uma entrevista, respondeu à pergunta sobre qual sua maior conquista: “Viver daquilo que amo! Eu surfaria diariamente mesmo que não fosse o meu trabalho.
Seu 2º filme, Montaj, ganhou o Surfers Poll Award em 2002. Eleito melhor surfista pela Waves Magazine. Mais um vídeo, Fair Bits em 2005, e o livro Taj Burrow’s Book of Hot Surfing. 10 aparições entre os Top 6 da ASP. E mesmo assim, ninguém botava mais fé nesse cara...
Taj venceu o Masters em dezembro mandando aéreos num dia que Backdoor parecia Trestles, até alley oop p/ derrotar Slater. Na prova do WQS que serviu de aquecimento p/ o WT, abusou das manobras voadoras p/ vencer 2 australianos e 1 havaiano da nova guarda. No Quik Pro, contrariando previsões, foram os fortes arcos e rabetadas no lip o diferencial p/ bater Jordy na final por 15.76 x 13.00.
Só fiz o que tinha que fazer pra vencer. Esperei as melhores ondas e fiz umas curvas boas, nada de insano”, diz o campeão e líder dos 2 rankings mundiais – o principal e o unificado. “Minha estratégia normalmente é fazer o que Jordy fez, pegar um monte de ondas e se divertir. Mas desta vez funcionou diferente. Consegui ser mais paciente e seletivo do que normalmente sou.” Kelly Slater disse certa feita que “uma vez que você começa a vencer, aprende o caminho”.
FAÇAM SUAS APOSTAS
Parece mesmo que os surfistas profissionais finalmente abraçaram o profissionalismo”, escreveu Steven Allain, editor da Hardcore, na cobertura havaiana 2009/10: “O que se viu nessa temporada foi praticamente inédito. Alguns Tops dispensaram as festas e a cerveja e treinaram pra valer. [...] Até conhecidos fanfarrões como Taj Burrow e Joel Parkinson [FOTO] trouxeram seus personal trainers e mantiveram o foco [...]. Para vencer hoje em dia, treinar é preciso.
Parko, outro 3X vice, parou nas quartas-de-final junto c/ o Mineiro, o Kareca e Bede Durbidge autor da maior média de todo o campeonato, 19.30 pontos no 3º round. Dane Reynolds fez a maior pontuação das quartas, 19.20, e ficou em 3º junto c/ Bobby Martinez. “É uma pena que o campeonato tenha que ser finalizado em um dia de vento ruim como hoje [quinta-feira]. Dei o melhor de mim no outside, mas estou desapontado”, disse Bobby, que fez a praia urrar c/ seus aéreos de back altos e na base.
Jordy Smith eliminou seu rival Dane e também voou na final, mas não foi páreo p/ o TRIFECTAJ. “Eu estou amarradão, foi minha primeira final no World Tour”, disse Jordy. “Estou me divertindo muito mais c/ meu surf e tudo parece estar dando certo pra mim. Estou empolgado c/ este começo e espero manter o ritmo durante o resto da temporada”.
A corrida começou. Charles Bukowski, escritor bêbado e apostador profissional, disse: “[...] quanto a mim, as corridas de cavalo revelam logo onde sou fraco e onde sou forte, como estou me sentindo naquele dia e como a gente muda, o tempo TODO, e o pouco que se sabe a respeito disso.” Vai, Taj!
FOTOS: GRANT ELLIS [Surfer Magazine]
TB: "EU BEBO SIM, ESTOU VENCENDO..."
JORDY É UM GRANDE SURFISTA OU UM SURFISTA GRANDE?
DANE REYNOLDS NÃO VENCE MAS SEU SURF CONVENCE
BOBBY MARTINEZ, ÚNICO BACKSIDE NAS FINAIS
ADRIANO MINEIRINHO SE FIRMANDO ENTRE OS TOP 5
JADSON ANDRÉ, POUCA IDADE E MUITO SURF NO PÉ

3 comentários:

Anônimo disse...

acho q o jordy smit é um surfista gde e um gde surfista tb.... quebrou tudo na semifinal e o dane reynolds não arrumou nada, na final taj colocou no bolso entao...
EXP

FUN disse...

Já te falei seus textos são muito irados, muito bons de ler. Pq vc não escreve em alguma revista especializada ou mesmo um site.
Ta faltando profissionais de nivel como vc, bora VxLxVx!!!

Viva La Brasa disse...

Fun my friend, essa pergunta só os caras da mídia podem responder...
Se eu tivesse sido um campeão de surf ou morasse no sul/sudeste meu nome valeria mais nesse mercado...
mas só de ter leitores que dropam Pipeline, Waimea, Jaws & Teahupoo, já tá valendo!
bora Fun! @