sábado, novembro 26, 2011

MARUJADA 
O litoral de Alagoas possui alguns dos melhores picos de surf do nordeste. Marechal Deodoro tem a Praia do Francês e Coruripe, a Lagoa do Pau, onde aconteceu a 5ª e última etapa do circuito estadual no último fim-de-semana. Ondas de até 1m ½ reuniram surfistas locais e vizinhos de Pernambuco e Sergipe.

Aracaju fica a apenas 294 km de Maceió, e a marujada subiu c/ tudo. Bruno Marujinho fez a final em 4 das 5 etapas, foi vice em 3, e ao chegar na decisão em Coruripe garantiu o título da principal categoria do Circuito Mahalo. A nova geração compareceu em peso, e p/ dar idéia do nível da competição, os melhores sergipanos ranqueados na open depois do Bruno foram William Santana e Kayan Barbosa, em 23º e 25º respectivamente.

Marujinho se profissionalizou aos 19 anos, e c/ apoio da construtora Norcon competiu no circuito regional. “Pensei em morar em Floripa, liguei pra uns amigos que moram lá, Diogo Lemos e Fabrício Peixoto, mas pensava em entrar no Super Surf [hoje Brasil Surf Pro] e o nordestino na época oferecia 4 vagas, então seria melhor ficar por aqui. Tentei por 3 anos, mas perdi o patrocínio e fiquei sabendo que minha mulher estava grávida.

Aos 23, Marujo é pai de família e aprendiz de shaper. “Tive que buscar alternativas de trabalho, pois agora tenho uma filha linda”, falou ao site Ondulação. Quando o entrevistei pro programa de TV Periferia, ele usava a Biz que ganhou num campeonato p/ trampar como motoboy. “O único patrocínio que tive foi de uma empresa totalmente diferente do ramo, como Sergipe pode revelar talentos se marcas e envolvidos não chegam junto?

Bruno voltou a competir como amador, venceu o circuito estadual em 2009/10, foi o único local entre os finalistas do nordestino realizado em Aracaju e em outubro venceu o Natural Art Open, 1ª etapa do sergipano 2011. Agora o título alagoano. No longboard quem representou a bandeira verde-amarela de Sergipe foi Robson Fraga, o Siri.

Vicecampeão brasileiro em 2010, Siri ficou em 2º este ano no Pena Bahia International Classic e é penta sergipano. Em Coruripe, já entrou na água como campeão antecipado do Circuito Mahalo e faturou mais uma etapa. Como Marujinho escreveu no fundo da sua prancha, “nós nunca somos provados naquilo que a gente não possa suportar.


FOTOS MAIORES: FABRICIANO JUNIOR [EMFOCOSURF] + MIGUEL BRUSSEL

Nenhum comentário: