sábado, janeiro 28, 2012

ARTE ROCK 
Ozzy Osbourne e Sonic Youth são os sons que inspiraram as exposições individuais SHOT IN THE DARK, da paulista Luciana Araújo, e KM 232 ZYXXZ, do carioca Alberto Monteiro, que se encerram hoje após quase 2 meses em cartaz na galeria Logo, em São Paulo.

O nome da exposição é o mesmo de uma canção do Ozzy”, diz Luciana, que estudou em Londres e já expôs em Porto Alegre e San Francisco, na Califórnia. Mais conhecida pela marca Rock Chick Design, a artista plástica produziu essa série de pinturas em acrílico e serigrafia c/ trilha sonora heavy metal. Seres antropomórficos, esqueletos e máscaras protagonizam cenas selvagens sobre fundos pretos como a noite. Animal. Outro ponto em comum c/ Monteiro é o forte teor erótico das imagens.

Conhecido no underground do Rio pelos zines Anti-Usual e Hauuzc e pelos graffitis nas boates Bang!, Casa da Matriz e nas festas Loud, A.M. mistura letras, números, mulheres e patos em sua primeira expo individual. Seu estilo vem dos quadrinhos europeus de Guido Crepax, Liberatore, Tamburini, “que eram bastante subversivos nos traços e textos”, e do americano Raymond Pettibon, autor da capa do álbum GOO.

Enquanto SHOT IN THE DARK é o título de uma canção, KM 232 ZYXXZ faz referência à distorção das guitarras de Thurston Moore e Lee Ranaldo. Sempre vi no Sonic Youth uma música que traduzia perfeitamente meus traços de caráter, algo muito mais do que música como simples entretenimento.

SHOT IN THE DARK
  
KM 232 ZYXXZ

Nenhum comentário: